Ads Top

Sobre aquelas coisas que eu nunca te falei, mãe


Carta para mãe
Carta para dia das mães


Vem cá, deita aqui no meu colo e deixa eu te fazer um cafuné, tem tanta coisa que eu quero te falar e que na correria do dia a dia acabo deixando pra lá. Tanta coisa que eu sei que te faz a maior falta ouvir.

Acho que eu nunca parei pra te agradecer, mãe. Eu sei que nunca deixo de dizer o quanto eu te amo ou de ir te abraçar quando a saudade aparece, apesar de você estar o tempo todo do meu ladinho. Mas eu não lembro de já ter parado tudo que estávamos fazendo e te agradecer. É, eu tenho uma lista enorme de coisas que você já fez por mim e eu até hoje não sabia como retribuir. Até que eu enxerguei que nada do que você fez por mim foi esperando algo em troca. Você fez pelo simples fato de que me ama e que como você diz o tempo todo, sou a coisa mais importante da sua vida.

Sabe de uma coisa? Você também é a mais importante pra mim. Você é a minha base e melhor amiga. Demorei pra ver isso, mas acho que é normal, toda garota passa pela fase "aborrecente", como você mesma falava, e se afasta de quem mais deveria se aproximar. Mas acho que também é normal depois de um tempo, toda garota se dar conta de que fez a maior bobagem em não ver em alguns momentos que sua melhor amiga estava ali o tempo todo, no quarto ao lado.

Ninguém jamais vai fazer um terço do que você já fez por mim. Ninguém nunca vai secar minhas lágrimas com tanto carinho, ou dormir abraçada comigo a noite toda quando estou triste e não quero ficar sozinha. Ninguém vai se preocupar em ouvir tudo sobre o meu dia, pelo simples fato de que realmente quer saber e garantir que todos os meus dias sejam bons. Ninguém, de forma alguma, vai me amar mais do que você.

As maiores lições da vida eu aprendi com você. Inclusive, se hoje eu sou quem eu sou, devo isso a você. Eu aprendi com você a me dar valor. Aprendi a dar valor ao outro também. Aprendi principalmente a dar valor a vida, e as coisas boas que ela nos dá. Você me ensinou que apesar do lado ruim existir em praticamente todas as situações, é o lado bom que eu devo olhar. E quando eu não conseguia fazer isso, você sempre pegou a minha mão e me ajudou a enxergar. Você nunca teve medo de colocar o meu bem estar na frente, e apesar de algumas vezes eu ficar braba com isso, eu não posso deixar de agradecer. Você me ensinou o que eu acredito que seja o sonho de toda a mãe: me ensinou a ser uma boa pessoa.

Sei que por mais que eu tente retribuir todo o amor que você me dá, um amor de filha também não pode se comparar a um amor de mãe, apesar de eu ter quase certeza que o meu está bem pertinho. Mas eu queria te dizer que não tenho dúvidas de que tenho a melhor mãe do mundo. O melhor anjo da guarda foi o que Deus me deu, e eu tenho a maior felicidade do mundo em chamar ele de mãe.



Nenhum comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.