Ads Top

Ela amou como se fosse a última vez


Naquela última noite, ela amou como se fosse a última vez. Amou como se fosse a última chance. Amou com toda a força, toda a paixão e todo o calor que tinha em seu corpo. Amou com urgência. Como se o mundo dependesse daquele momento. Como se nada mais pudesse existir, como se o mundo dela pudesse simplesmente desaparecer sem aquele amor.

Ela amou com toda a intensidade que podia. Trocou a razão pela emoção. Cedeu aos caprichos mais sarcásticos do coração, que ordenavam engolir o orgulho, esquecer o racional e se entregar àquele amor, desesperadamente, como se apenas aquilo pudesse trazer cor ao seu mundo novamente.

Ele já não estava mais lá, ela sabia. O conhecia como ninguém e podia ler em seu olhar. Fisicamente estava presente, mas no fundo, já havia ido embora há muito tempo. Ela sabia, racionalmente, sabia. Só não podia acreditar.

Ela o acariciou, passou os dedos por entre os fios encaracolados de seu cabelo, sentiu o calor que irradiava de sua pele e o beijou. Sentiu um frio irracional percorrer o seu corpo. Seria aquela a sensação de ter o mundo desabando aos seus pés? Apesar do seu medo e do desamor que ele demonstrava, ela se entregou mais uma vez.

Ela o amou da forma mais sincera que podia, sem medidas. E quanto mais ela se doava, mais sentia que perdia. Quanto mais perto ela chegava, mais longe sentia estar. Quanto mais amor ela tentava dar, maior o vazio em seu peito ficava.

O olhar distante substituiu o tão carinhoso "eu te amo" que ela ouvia. O abraço não fez com que se sentisse protegida, menos ainda, amada. Não se sentia segura e não podia entender o porquê.  Ela queria chorar. Queria gritar. Queria implorar pelo seu amor.

Mas não havia mais amor ali, ela sabia. Haviam lembranças, uma história incrível, resquícios de paixão. Mas amor, isso não existia ali há muito tempo.

Um turbilhão de pensamentos e sentimentos tomaram conta de seu corpo quando ele levantou e caminhou até a porta. Sentiu o mundo girar, o estômago embrulhar. Os olhos se encherem de lágrimas. Segurou o ar. Escorregou o corpo que agora parecia tão pesado pela parede e sentou-se desajeitada no chão.

Quando ele finalmente fechou a porta, sem olhar para trás, quando o barulho da fechadura se fez ouvir, ela soltou o ar. Respirou fundo, uma, duas, três vezes. Esperou por alguns segundos que ele voltasse, pedisse desculpas e dissesse que a amava. Obviamente, não aconteceu. Respirou fundo mais uma vez. Estava pronta para a crise que viria. Estava pronta para sentir o mundo desabar.

Mas ao invés da crise, o que chegou foi a calmaria. O vazio, a angústia que sentiu há poucos minutos atrás estavam aos poucos se transformando em alegria. Alegria de se desprender. De estar livre. De livrar o coração de amarras tão apertadas que só sabiam sufocar e machucar.

Percebeu então, que sim, o seu mundo dependia desesperadamente daquele momento. Não da forma como ela pensou no princípio, mas aquele momento fez com que pela primeira vez em muito tempo a razão pudesse ser ouvida para aliviar o sofrimento do coração.

61 comentários:

  1. Vc faz seus textos baseados em experiências da sua vida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baseados em experiências minhas ou que vejo por aí. Normalmente, uma mistura dos dois.

      Excluir
    2. Te conheço e parecem reais ahahaha

      Excluir
    3. É um pouco difícil deixar as próprias experiências de lado quando se trata do coração. Na verdade, em qualquer âmbito as levamos, mas quando o assunto é sentimento... ah, elas amam se fazer presente.

      Excluir
  2. Que legal, goste do blog. Do texto também, forte e maduro. Parabéns!!
    www.pontoseabismos.wordpress.com Essa é minha página, visita lá ")

    ResponderExcluir
  3. Já que esta no anônimo, sugiro um texto sobre um relato teu sobre tentativa de suicídio. Eu ia me identificar muito ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um texto escrito sobre o tema já, nesse link aqui, dá uma olhadinha:
      http://www.entrecartaseamores.com/2016/01/sobre-os-anseios-dentro-de-uma-crise.html

      Excluir
  4. lindo texto, bem profundo! adorei o jeito que se expos, admirável, bjão

    ResponderExcluir
  5. Que texto lindo! A leitura é envolvente, não só por conta da história, mas também pela forma que você combina as palavras.
    Parabéns pelo texto!!! Amei a leitura

    ResponderExcluir
  6. Amei seu texto Karol, muito bem escrito, parabéns!!! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Menina adorei seus textos, fui até fuçar em outros rsrs A leitura é tão envolvente parece que estamos dentro da história/relato :)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda! É bem essa a sensação que tento passar! Obrigada

      Excluir
  8. Chocada! vc passa muita verdade e emoção no texto. Achei incrível cada colocação tua. Me senti dentro dele haha. Parabéns de veerdade! Vou voltar mais vezes aqui. ♥

    ResponderExcluir
  9. Sensacional, Karol! Não me estenderei muito e só direi: Parabéns! Escreves belissimamente!

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que intenso!
    Parabéns pelo texto, dei uma stalkeada e já posso dizer parabéns por todos!

    Sua escrita é sensacional!

    ResponderExcluir
  11. Você escreve mega bem! To lendo vários textos aqui e to tentando não comentar todos pra não ser chata. hahaha
    Ah senti falta do botãozinho curtir do facebook... Tenta instalar, é uma boa ;)

    www.sabrinando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, você encheu meu coraçãozinho de alegria quando vi todos os seus comentários! Vou ir atrás da sua dica do botão do fb!

      Excluir
  12. Me identifiquei bastante. Não sou forte fisicamente, mas sempre estou superando o meu psicológico. Sempre superando e seguindo em frente, guerreira da minha própria história...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é a melhor qualidade que alguém pode ter: estar sempre tentando se superar.

      Excluir
  13. Que texto!!!! me fez pensar, refletir em algumas situações que passei na vida. A sensação de se libertar realmente supera a dor no momento. Adorei o post, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre supera e sempre nos fazer crescer muito ♥

      Excluir
  14. Envolvente demais ♥ Amei cada palavrinha. Essa intensidade que coloca nos teus textos é incrível e quase suplica por mais.

    ResponderExcluir
  15. Adorei fico de mais e muito lindo e profundo

    ResponderExcluir
  16. Impaktada. Esse texto me tocou no fundo da alma, garota. Meus parabéns, você escreve muito bem (acho que já te disse isso) e seu texto é maravilhoso!

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Amanda! É muito bom saber que consegui tocar verdadeiramente alguém ♥

      Excluir
  17. Seu texto me tocou profundamente, lembrei até de algo que vivi e senti a verdade em cada palavra que você disse. O amor é a coisa mais maravilhosa, mas as vezes o fim ou a ausência de amor também nos liberta para outras experiências. Beijo ♥

    www.patydibona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes a gente demora pra conseguir se desprender por não entender que sempre terão coisas boas nos esperando se nos arriscarmos.

      Excluir
  18. Karol, é a segunda vez que venho no seu blog e simplesmente quero morrer com seus textos kkkk Você anda espionando minha vida? Cara, incrível como a gente tem mania de achar que "só eu estou passando por isso, ninguém conseguiria me entender", mas em todo lugar tem alguém passando por algo do tipo... Me envolvi muito no seu texto! Amei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a gente fala de amor (principalmente desamor) sempre tem alguém que já viveu ou tá vivendo quase a mesma coisa, né? Gosto muito de conhecer histórias de amor e desamos pra ver que tudo tem um lado lindo e que independente das coisas ruins, a gente sempre supera!

      Excluir
  19. Que texto é esse, menina? Gosto muito do jeito que você escreve, como você expõe os seus sentimentos em cada palavra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes parece que as palavras tem vida quando tô escrevendo, porque saem sem parar haha ♥

      Excluir
  20. Nossa que texto lindo, bem profundo.

    ResponderExcluir
  21. Já salvei nos meus favoritos seu blog <33333
    www.desaiagode.com

    ResponderExcluir
  22. Conheço bem essa sensação e é tão ruim. A gente sempre sabe quando o fim se aproxima e é quase instintivo tentarmos aproveitar cada segundo. Aconteceu isso comigo no meu último relacionamento. Lembro de observar estaticamente o sorriso dele e me perguntar se eu conseguiria viver sem vê-lo ou falar com ele... E cá estou, feliz, sendo amada e amando.
    Lindo o texto - assim como todos os outros. Nunca desista do seu dom. A escrita pra mim é incrível e admiro muito quem tem sensibilidade o suficiente para escrever com tanta maestria... Além da gramática que conta muito pra mim.

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a maioria dos fins de relacionamento passam por algo assim. A gente sempre sabe que vai acabar, mas algo nos impede de conseguirmos nos desprender. E dói, dói horrores. Mas a gente sempre consegue passar por isso, e se conseguirmos nos abrir, tem muitos amores por aí nos esperando para serem lindos.

      Excluir
  23. Nossa, que leitura incrível, ganhei o dia! Texto bem envolvente, amei demais. Salvo nos favoritos. ❤️
    Parabéns, você escreve muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii ♥ eu que acabei de ganhar o meu com esse comentário!

      Excluir
  24. Que texto lindo e... Nossa! Parabéns, você escreve muito bem <3

    ResponderExcluir
  25. Lindo o texto, impressionante a forma como você expressa as emoções.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  26. Que texto maravilhoso! É incrível a forma como tu transmite os sentimentos em palavras. É de envolver qualquer leitor. Parabéns pela escrita! Continua assim ♥ Beijão!

    http://sorrisosnooutono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Seus textos são maravilhosos *_* tão cheios de sentimentos, emoções... apaixonantes! Parabéns <3

    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. texto lindo, incrível, o jeito como escrevei nossa d+ parabéns pelo texto e o blog.

    ResponderExcluir
  29. Que lindo, guria♥

    www.gauchice.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Mais um texto incrível e envolvente!

    Não sei de onde vem tanta inspiração, mas tu escreve muito!

    Beijos

    http://www.senhoritamarmelada.com/

    ResponderExcluir
  31. Uau! Mais um texto arraso seu! Já pensou em escrever um livro de crônicas ou algo assim? Deveria, viu! Me vi em alguns trechos desse texto, acho que quase todo mundo já viveu esse momento, né?

    Blog Ei Carol!

    ResponderExcluir
  32. Oie, tudo bem? Você como sempre escrevendo de maneira incrível. Suas palavras são tão profundas, é impossível não viajar e imaginar essa história por um momento. Concordo com a Carol, você deveria pensar em escrever um livro <3 Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
  33. que texto lindo!
    tu escrever muito bem!! ♥
    beeeijos

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.