Ads Top

Ontem eu lhe amei menos


Ontem, naquela típica noite chuvosa de março eu lhe amei menos. O calor do seu abraço esquentando o meu corpo molhado que tremia de frio. O seu casaco que ao invés de estar no seu corpo, protegia meu cabelo. O jeito como você riu da minha preocupação em molhar o banco do carro e me deu a camiseta seca que tinha no banco de trás para que eu pudesse me secar, me dando um beijinho na testa e dizendo que logo logo o frio ia passar, ah, como eu amei isso menos.

Você abriu a porta de casa correndo e ligou o ar bem quentinho. Me mandou ir tomar um banho, tirar a roupa molhada e esquentar o corpo, enquanto colocava a pizza que compramos no caminho de casa no forno. Me perguntou se o frio tinha passado. Eu concordei e você entrou no chuveiro comigo. Passou a mão pelo meu rosto, acariciou meu corpo todo. Fizemos amor. Ah, como eu lhe amei menos.

Você arrumou a cama para dormirmos enquanto eu procurava alguma camiseta sua para vestir. Deitamos. Você fez aquilo que sempre faz quando está carente, aquele seu jeitinho de ir se enfiando por baixo dos lençóis e chegando cada vez mais pertinho de mim, até colocar a cabeça no meu ombro e pedir carinho. Fez carinho em mim também, à sua moda, daquele jeito tão seu e tão involuntário que você nem percebe que está fazendo: brincando com a minha orelha, apertando e acariciando ao mesmo tempo.

Conversamos até não aguentarmos mais o sono e quando a luz se apagou, pouco antes dos meus olhos se fecharem, eu lhe amei infinitamente menos. Porque, meu amor, eu sei que hoje quando meus olhos se abriram e encontraram os seus me observando despertar, eu te amei como jamais havia amado antes. Quando ouvi o seu bom dia, dizendo que eu estava linda dormindo e que você não queria ter me acordado, eu lhe amei tanto que quase não cabia no peito.

E eu sei que amanhã vai parecer que esse sentimento que quase explodia dentro de mim não era nada, porque assim como acordei te amando mais e mais hoje, vai ser amanhã também. E depois. E todos os dias da minha vida. Da nossa vida.

28 comentários:

  1. Ai meu deeeus, que texto mais lindo ♡ to apaixonada.
    isabellefelicio.com

    ResponderExcluir
  2. Que texto fofinho *-* Simplesmente apaixonada!

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo, em meia tanta correria do dia a dia ler algo assim é maravilhoso.Apaixonada.

    ResponderExcluir
  4. o texto é tão curto mas é tão impactante, moça! Gostei!!

    ResponderExcluir
  5. Que relacionamento lindo! *-*
    Você escreve super bem, parabéns, fiquei encantada.
    Beijos

    www.juhlihipy.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem :) Que texto mais lindo. As palavras são profundas e tocam o coração de quem lê. Parabéns pelo talento. Beijos, Érika <3

    ResponderExcluir
  7. Ahhhhhh! Você é maravilhosa! Amo seus textos! 💚

    www.somenteonecessario.com

    ResponderExcluir
  8. Acho que vivi isso esses dias, você andou me vigiando? Kkkkk Sério, me vi nesse texto e amei... E entendi o que é tudo isso! <3 Escreve mais *-* Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma sensação maravilhosa né? Que ela permaneça sempre no seu relacionamento!

      Excluir
  9. Ainnnn, que texto lindo Karol!
    Amei o jeitinho que você escreveu, me prendeu totalmente! ^^
    Achei super romântico, com detalhes, uma fofura! :33
    Parabéns pelo blog, pelo post, pela escrita! Continue assim!

    Beijinho :33
    Sarinha,
    http://pequenomundodesarah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♥ Muito obrigada Sarah!! Amei ler seu comentário ♥

      Excluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.