Ads Top

Resenha: Todos se apaixonam em Hollywood


"Como a maioria das realidades, não acreditamos nelas verdadeiramente até que se comprovem para nós com o tempo."

"Eu sempre acreditava que ele poderia ser uma boa pessoa - uma pessoa maravilhosa - se apenas percebesse que não tinha de mentir para poder ser amado."

"Caso Leo tenha me ensinado alguma coisa, é que você tem de viver - e morrer - com as escolhas que fez em vida."

Em menos de 72 horas, a vida de Hannah desaba. Descobre que seu pai, Leo Fairchild, um famoso ator Hollywoodiano, com quem não nutre uma relação das melhores, faleceu. Descobre também, que sua atual madrasta, Sybilla conseguiu bloquear o seu acesso a fortuna do pai, assim como conseguiu também conquistar o seu atual namorado, com quem já mantinha um caso há algum tempo. 
Hannah, agora desolada por não poder consertar a relação com seu pai e carregando o peso da traição percebe que não há mais dinheiro para se bancar e sua atual pesquisa atrás de comprovar a existência de um outro planeta não irá render frutos tão logo, decide aceitar a proposta do advogado de Leo, que a indica para ser assistente pessoal de Louis Trollope, o mais novo sucesso de Hollywood, enquanto ele tenta liberar judicialmente a sua herança. 
Ela já está acostumada as mentiras de Hollywood, o que não significa que consiga suportar mais alguém agindo como Leo, principalmente ela tendo que bancar a babá. O problema é que assim como Leo, Louis é irresistível. Um pecado, um erro. Mas irresistível. E apesar dos encantos de Mick, um dos amigos de Louis que parece nutrir um sentimento verdadeiro por Hannah, ela não consegue resistir aos encantos do astro do cinema. 

A história de Hannah, sinceramente, para mim, deixou muito a desejar. O título e a capa conquistaram minha atenção, mas a leitura foi bastante lenta e em duas tentativas. A história começa cheia de informações, desafiando o leitor a compreender o que se passa na mente da protagonista com tantos acontecimentos simultâneos e que mudarão sua vida para sempre. Depois de instigar o leitor, a história parece desandar e a personagem começa a meter os pés pelas mãos, fazendo tudo ao contrário do que esperamos - pela sua dignidade- que ela faça. 
Apesar de ter tudo para ser um ótimo romance, afinal, a história realmente começa bem e prendendo a atenção, ela acaba sendo bastante fraca e desanimadora. O final é esperado, mas muito mal contado. é difícil criar afeição por qualquer personagem, eles parecem tão sem vida, e quando algum começa a ficar interessante a protagonista faz alguma escolha boba e aquele personagem então desaparece por alguns capítulos da narrativa, ressurgindo das cinzas depois como se nunca tivesse ido embora.


Ficha Técnica:
Título: Todos se apaixonam em Hollywood
Título Original: True Hollywood Lies
Autor: Josie Brown
Tradução: Gabriela Machado
Editora: Arx
Ano: 2005


2 comentários:

  1. No início fiquei interessada pelo livro, mas no decorrer da narrativa perdi o interesse! Todos os livros que leio são lidos primeiro pela minha irmã. se ela diz que é bom eu leio.
    Abs,
    http://contosdacabana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu estava super animada quando comprei o livro, mas a leitura realmente deixou muito a desejar...

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.
UA-80596339-1