Ads Top

Resenha: Ai, meus Deuses!


"- Vou fazer da sua vida um inferno.
 - Entre na fila."

" Pela primeira vez desde que pousamos nesta ilha, sinto como se duas coisas estivessem dando certo em sequencia. Talvez não dure, mas eu vou segurar as pontas por enquanto."

A vida de Phoebe vira totalmente do avesso quando sua mãe decide que vai se casar com namoradinho que Phoebe nunca tinha visto ou ouvido falar antes. Devido ao casamento elas se mudarão para a Grécia, decisão tomada exclusivamente pela mãe que nem sequer perguntou a opinião da filha que já tinha seu futuro inteiro planejado, exatamente onde elas estavam. Terminaria a escola com ótimas médias e ganharia uma bolsa por esporte, sua paixão era correr, para a USC, onde estudaria com suas duas melhores amigas.
Sem muitas opções, Phoebe se muda com a mãe e o novo padastro para uma ilha distante de tudo e descobre que além de seu padastro ser o diretor da nova escola a qual frequentará, seus colegas não são só riquinhos e mimados, mas descendentes de Deuses e com poderes quase infinitos para tornarem sua vida um inferno. Afinal, ninguém quer uma sangue-ruim sem ligação com nenhum Deus, ou como eles preferem chamar kako, andando nos mesmos corredores que eles.

A princípio o livro me pareceu uma versão chick lit de Percy Jackson, onde substituímos o acampamento por uma escola, as brigas com armas por brigas por debaixo dos panos como acontece no universo feminino e as grandes conquistas que salvariam o Olimpo por um grande amor. Porém houve muito menos menções aos Deuses e a mitologia do que eu esperava durante a leitura e logo eu percebi que a Phoebe não tinha nada a ver com o famoso filho de Poseidon da literatura atual. As referências a mitologia, apesar de poucas, foram bem colocadas, criando uma boa base para o cenário do romance. O foco principal delas foi nas características mais marcantes dos deuses para dividir os grupos e na história da Academia onde a personagem estuda.  
A leitura é gostosa e bem rápida, alguns pontos do livro são bastante previsíveis o que não me impediu de ficar torcendo e comemorar juntamente com a personagem. Os personagens principais são bem construídos e a esquematização da história é de um clássico chick lit colegial.


Ficha Técnica:
Título: Ai, meus Deuses!
Título Original: Oh. My. Gods.
Autor: Tera Lynn Childs
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Créditos da imagem: http://www.futilmasinteligente.com/




4 comentários:

  1. Que legal, achei interessante a história! Vou comprar pra ler :) A capa também é linda.
    Beijos
    http://blog-mundodalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. vai entrar pra minha lista, o que me chamou atenção foi a capa confesso, mas confesso também que curto livros um pouco previsíveis, principalmente quando quero uma leitura leve, só pra me distrair haha
    beijos, Luiza, ecletismo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o que me fez ler foi a capa também, chamou atenção na hora. Eu tinha acabado de ler uns 3 livros mais "técnicos" pra faculdade e queria algo só pra distrair a mente mesmo, aí ele surgiu pra mim hhahah

      Excluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.