Ads Top

Estudar com metas semanais: 06 dicas para aumentar seu desempenho

Estudar com metas semanais

Estudar com metas semanais, definindo quais são as prioridades e listando os tópicos importantes para serem concluídos é uma das melhores formas de regrar o estudo. Porque, vamos combinar que mesmo pra quem gosta de estudar, revisar alguns assuntos em específico pode ser massante. Mas, como eu sou uma pessoa que adora estar aprendendo e revisando o que já aprendi, mesmo quando o assunto não é lá o meu favorito, acabei aprendendo algumas técnicas para driblar essa má vontade que surge de vez em quando. Já fiz inclusive uma postagem sobre dicas para melhorar o estudo aqui. 

A técnica que mais tem funcionado para isso é a de definir METAS SEMANAIS, ou seja, definir uma série de coisas simples que devem ser cumpridas dentro daquela semana. Mas como fazer isso? São passos bem simples, vamos lá. Prepara o ambiente, deixa ele bem organizado e aconchegante, com as coisas que você gosta perto, os cadernos, as canetas, os quadros decorativos, tudo bonitinho e em ordem e vamos aprender a estudar com metas semanais.

1. Elencar as atividades mais importantes e separar em metas semanais

Existem coisas que são praticamente as nossas obrigações e nós não podemos de jeito nenhum esquecer delas, então, na hora de começar a montar essas metas semanais precisamos elencar quais são essas atividades e dar um destaque para elas.

Por exemplo, se naquela semana você terá uma prova é importante destacar esse item, pois ele tem um teor urgente, afinal, caso você não consiga cumprir a meta "Estudar para prova" naquela semana, não adiantara de nada estudar na próxima semana.

Existem também algumas metas mais demoradas e complexas que também precisam de um destaque especial. Como por exemplo, as metas que façam parte de um hábito que esteja sendo desenvolvido. Separar um tempo semanal para realizar questões é um tipo de meta importante e que ajuda na criação de um hábito. Por exemplo uma meta que eu uso toda semana é escrever 30 minutos por dia, 5 dias na semana. Essa é uma atividade importante pois serve para criar o hábito de sempre tirar um tempo para escrever e se eu deixar ela de lado para cumprir outras atividades o objetivo final não terá sucesso. Estudar com metas semanais é basicamente isso: ir definindo quais atividades realizar, com base em sua importância.

2. Saber o tempo que se tem disponível

Não adianta criar uma lista cheia de coisas se você não tem tempo para cumprir essas atividades. É importante ter total noção do real tempo que você dispõe para se dedicar ao estudo para aprender a administrá-lo e usá-lo da melhor forma possível. Então antes de começar a sair criando metas enormes é importante ver os compromissos existentes para aquela semana e programar melhor o número de atividades e o teor de dificuldade/tempo exigido por essas para que seja possível cumpri-las.

3. Não se exigir demais, metas semanais devem ser alcançáveis. 

Um dos principais vilões do estudo é o fato de o estudante exigir demais de si mesmo. É importante ter tempo para descansar e mais importante ainda respeitar as necessidades do nosso corpo que precisa dormir, comer e ter lazer. Estudar com metas semanais é uma forma de se auto motivar, já que tais metas não são um bicho de sete cabeças. Sabe aquela velha história de que de grão em grão a galinha enche o papo? Pois então, de tópico em tópico o estudante termina o conteúdo todo.

As vezes é preciso um tempo de adaptação das metas semanais, até perceber que algumas coisas não são possíveis e assim ir moldando elas. Pra exemplificar vamos pegar o que eu citei antes sobre escrever 30 minutos por dia. Quando eu comecei a usar as metas semanais, defini que deveria fazer isso todo dia, mas não estava conseguindo cumprir pois as vezes surgem imprevistos. Então, depois de analisar algumas semanas percebi que surgiria um efeito melhor se eu me propusesse a escrever esse tempo apenas 5 dias na semana. Normalmente eu escrevo entre 6 e 7, mas nunca menos que 5, pois a meta foi adaptada para mim conforme a fase que estou desse hábito. É provável que em algumas semanas eu esteja escrevendo diariamente já sem esforço e então possa mudar a meta novamente.

Exigir demais sempre trás consequências negativas pois desgasta. A nossa vontade depende de ver os resultados e se nesses resultados nós só vemos fracasso, então dificilmente criaremos o hábito e manteremos a vontade. É como dizem por aí, antes feito que perfeito. Começar com pouco não é ruim, pelo contrário, é o ideal. Lembrem sempre: estudar com metas semanais é auto motivação, também.

06 passos para estudar com metas semanais

4. Escolher alguém para acompanhar suas metas

Estudar com metas semanais pode ser uma faca de dois gumes, também. Assim como ela nos impulsiona para concluir os itens que nos propusemos nas nossas metas semanais, ela também pode fazer com que nos auto enganemos. Escolher atividades muito fáceis que não nos ajudam a desenvolver ou concluir somente a metade da tarefa e ainda assim dar ela por concluída, são coisas que costumam acontecer bastante. Um fator bastante estimulante é quando sabemos que alguém vai conferir nosso trabalho e com as metas não é diferente. Escolher alguém de confiança ou com o mesmo objetivo para acompanhar nosso progresso pode ser de grande ajuda, afinal, se temos que apresentar os resultados nos esforçamos mais e não existe como se auto enganar.

5. Deixar as metas semanais sempre visíveis

Escrever elas num post-it e deixar no mural do quarto, anotar no celular, deixar na primeira folha do caderno ou na agenda são ótimas técnicas para não esquecer da existência delas, além de ajudar a lembrar quais são os itens que as vezes podem ser cumpridos em pequenas pausas como o intervalo da faculdade. 

6. Estudar com metas semanais também é recompensa

Esse é um dos principais e mais importantes itens dessa lista. Ninguém gosta de fazer esforço por nada, seja ele físico ou mental. Então saber se recompensar é importantíssimo para se manter estimulado. Mas não vale exagerar na recompensa, viu? Tem que ser algo compatível com as metas alcançadas, com a dificuldade ou demora delas. As recompensas podem ser bem variadas, desde se permitir comer um chocolatinho até comprar um livro novo ou coisas maiores, dependendo da meta. Por exemplo, passar no vestibular tem que ser comemorado de uma forma bem maior que terminar de ler um livro.

estudar com metas


7 comentários:

  1. Ótimas dicas Ka. Eu me perco de vez quando nos estudos por não saber me organizar da maneira correta. Obrigada poe compartilhar dicas tão importantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre me perdia também, então sempre tô buscando métodos pra facilitar minha vida, sempre que vejo que algo tá dando certo procuro compartilhar;

      Excluir
  2. Olá lindona.
    Ótimas dicas. Eu amei. Também gosto muito de me organizar para conseguir cumprir o que me proponho a fazer e deixar meu blog sempre bem organizado.
    Beijos.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a gente tá com as tarefas organizadas dá até mais vontade de cumprir elas né? ahah

      Excluir
  3. Gostei muitas das dicas, e estava precisando! Eu tenho muita dificuldade em cumprir o tempo que eu estipulei para estudar, sempre esqueço, e essa sua dica do post-it com certeza vou aderir!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou uma das pessoas mais esquecidas que conheço, se as coisas não estiverem na minha cara eu não lembro mesmo, então sempre anoto em vários lugares pra não correr esse risco de esquecer.

      Excluir
  4. Que legal gostei das dicas, precisamos nos organizar para consegui as metas heim. Bjs

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.
UA-80596339-1