Ads Top

Amor e fast food



Naquele dia, acordei atrasada mais uma vez. Não que não existisse motivação, eu até que gostava da minha rotina. Fiz aquele ritual matinal de sempre, tomei café apressada e saí correndo trabalhar. Cheguei no trabalho cansada da pequena acelerada que tive que dar, mas dentro do horário. Fui direto me trocar.

Saí do banheiro e no caminho para o balcão, indo assumir o meu cargo, lembrei que o moço não estaria lá. Ah, o moço. Aqueles olhos escuros que meus olhos brilhavam ao encontrar, hoje não ia estar. Que boba, não é? Estar apaixonada. Essa história de deixar o coração pensar é realmente complicada, olha só o que ele foi me arranjar. Uma paixão, pelo moço do trabalho.

Confesso que a motivação caiu um pouco quando me lembrei disso. O dia passava rápido quando estava na companhia dele. Ouvindo suas histórias, suas piadas, sua risada.

Assumi meu posto e logo os clientes começaram a aparecer. Pedidos pra cá, pedidos pra lá. De vez em quando trabalhar em um fast-food era uma loucura. Loucura essa, que silenciou quando vi sua silhueta entrando pela porta principal. Teria ele esquecido que estava de folga e vindo trabalhar? Já estava rindo por dentro da patetice que ele cometera quando vi que ele entrou na imensa fila.

Achei engraçado ele vir almoçar aqui. Eu já estava enjoando até do cheiro da comida e ele se atrevia a enfrentar aquela fila enorme por uma porção de batatas ou seja lá o que quisesse comer. Alguns pedidos depois foi a vez dele, cliente, encarar eu, atendente. Como a gente fica desconfortável quando as coisas estão fora da ordem normal. Eu convivia com ele diariamente naquele mesmo ambiente, mas hoje com ele ali, na minha frente, em uma posição tão diferente do usual, sem o uniforme, todo perfumado, ah, não deu pra conter o frio na barriga.

Felizmente sou boa em disfarçar esse tipo de coisa e consegui atendê-lo normalmente. Uma ou duas trocas de olhares mais demoradas, quem sabe, mas qual o mal, se ele respondeu igual?

Somos instruídos a sempre antes de finalizar o pedido, perguntar se o cliente não deseja algo mais. Alguns são tão indecisos que sempre acabam aceitando. Então, mesmo sabendo que ele conhece todo o cardápio do restaurante e que se quisesse algo mais teria me pedido, fiz a pergunta. Surpreendentemente, ele respondeu sim.

Não tive tempo de perguntar o quê. Quando vi, ele já tinha tirado aquela caixinha do bolso. É, aquela caixinha que a gente sonha em ver nas mãos de quem a gente ama. E ali mesmo, no meio daquela bagunça toda que é um restaurante, no meio do meu turno de trabalho, ele me pediu em namoro.

Por alguns segundos eu fiquei estática, sem entender o que estava acontecendo. Na verdade, acho que eu entendia, apenas não conseguia acreditar. É aquela velha história, sempre que algo parece bom demais a gente desconfia.

Mas era real, o moço que me arrancava suspiros estava ali na minha frente, me pedindo em namoro. Acho que nunca antes eu falei a palavra "sim" com tanta vontade. Era bom demais e era verdade.

Naquele dia, o moço dos olhos escuros me mostrou que toda garota tem seu final feliz. Apesar de hoje eu saber, aquele era só o começo.

Esse pequeno conto foi inspirado na história da Tiffany Severo, sobre começo de namoro que ela compartilhou com o Buzzfeed: "Eu trabalhava num fast-food e o Daniel também. No dia de folga dele (nossas folgas não batiam) ele foi lá no restaurante, pegou uma fila imeeensa e fez seu pedido como qualquer outro cliente. Eu, como boa funcionária, perguntei se ele queria mais alguma coisa e ele disse que sim, tirou a aliança do bolso e me pediu em namoro. Isso já tem 4 anos e 8 meses e ainda estamos juntos."


42 comentários:

  1. Adorei a história deles, por um momento achei que era sua, hahaha.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que amorzinho de história! E nas tuas palavras, tornaste mais delicada ainda. Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Débora ♥♥♥ Achei a história tão linda que precisei escrever ahhah

      Excluir
  3. Ah, MEU DEUS ♥♥ Um sonho, não? Que delícia de texto e que delícia de história. É tão bonito quanto as coisas acontecem assim, né? Sem pretensão. Sem espera. Sem expectativa.

    ResponderExcluir
  4. Que história, que sonho! É tão bom quando nos surpreendem assim e sentimos aquele frio na barriga <3

    www.gauchice.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Quê? Tipo... Do nada? Eu sou coração duro para essas coisas... Acho impossível isso acontecer mas vai que é como dizem por aí. Todo mundo quer ser amado e o amor pode acontecer até mesmo no silêncio.
    Felicidades ao casal de verdade e felicidades para esse da ficção, quero saber qual vai ser o desfecho kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No casal de verdade acredito que não seja do nada, mas no de ficção, bom, o amor vem das formas mais inacreditáveis haha

      Excluir
  6. Aaaaaah quanto amor! Eu ficaria feliz/constrangida se isso acontecesse comigo. O que o amor não faz, não é mesmo? Deixa as pessoas idiotas hahahaha. Adorei *-*

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei tão lindo quando vi no Buzzfeed que não me aguentei em não escrever haha

      Excluir
  7. Sempre acho que seus textos são relatos da sua vida hahaha
    Adorei como você escreveu o conto inspirado em um relato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns até são inspirados em alguma coisa que aconteceu comigo, mas a grande maioria não são em mim haha

      Excluir
  8. Karol, cadê seu livro no Wattpad? Hahahahaha. Sério, adoro teus textos! Essa história ficou ainda mais cheia de amor nas tuas palavras.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ale, acredita que tenho vários projetos parados mas não consigo terminar? Por isso não tão lá ainda hahah. Obrigada linda ♥

      Excluir
  9. Que historia fofa, o titulo ficou uma fofura só. Parabéns!


    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
  10. Que história fofa! Um sonho de consumo haha.
    Sucesso.
    Beijinhos,
    http://pensamentosvoados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vi essa história não me aguentei e tive que escrever ela.

      Excluir
  11. Caramba, que história lindaaaaaaaaaa! Se só de ler fiquei encantada, me imaginando vivendo ela, imagina minha reação quando soube que aconteceu de verdade! Tô de invejinha branca rsrs. Adoro ler histórias assim, sério <3 Me surpreendo como as coisas acontecem de formas incríveis.
    Beijos

    www.juhlihipy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor sempre acontece de formas incríveis, é só a gente parar pra escutar ♥

      Excluir
  12. Amei, muito amorzinho a história. Parabéns pelo seu talento <3
    vixeemenina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que amoooooor! Achei um máximo, ainda mais em saber que foi inspirado em algo real! Você é DEMAISSSSSSSS!
    Abraços! 💚

    www.somenteonecessario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaa Herick! A história é linda mesmo ♥

      Excluir
  14. Por um milésimo pensei que vc sobre vc .. kkk
    Adorei o texto. Você escreve super bem!

    http://www.episodiodehoje.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, bem que podia ser comigo, né? Ia ficar boba haha

      Excluir
  15. Me senti dentro da cena! Bela história, e que esse final feliz seja bom enquanto dure, e de preferência; que dure para sempre.

    ResponderExcluir
  16. Achei que era sobre você pois ficou tão real, a historia ficou lindaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que pra confundir eu contei direitinho né? Obrigada ♥

      Excluir
  17. Já tava preparada para comentar sobre esse crush's de trabalho/ônibus, e a história termina maravilhosa ♥
    Amei o texto!!

    Beijos,
    www.notavelleleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crushs de ônibus, acho que sai um bom texto daí, viu? Vou guardar essa ideia hahah. ♥

      Excluir
  18. Ah, que lindo e surpreendente! Fica ainda mais bonita sabendo que é real. Parabéns ao casal e parabéns a você por reproduzir algo de maneira tão sensível, delicada e verdadeira. Nunca deixe seu dom de lado!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, minha linda ♥ Obrigada! Ultimamente você tem sido uma super incentivadora pra eu nunca deixar ele mesmo, muitíssimo obrigada por isso!

      Excluir
  19. Nossa, amo fast food! Se pudesse, comia tooodoo diaa

    ResponderExcluir
  20. Ahhhhh, é de suspirar...que pedido de namoro tão lindo. Gostei da atitude e criatividade.
    É tão bom quando estamos interessados em alguém e recebemos uma surpresa dessa. Adorei, bjs!

    ResponderExcluir
  21. Adorei a história, fiquei imaginando o pedido de namoro ali no meio do atendimento dela, muito fofa a historia deles e ele! rsrsrs

    Beijos

    http://www.senhoritamarmelada.com/

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.