Ads Top

Resenha: A revolução dos bichos

Imagem: resenhasalacarte
"Mesmo miserável como é, nossa vida não chega nem ao fim de modo natural. Não me queixo por mim, que tive até muita sorte. Estou com doze anos e sou pai de mais de quatrocentos porcos. Isto é a vida normal de um barrão. Mas no fim, nenhum animal escapa ao cutelo."

"O homem é a única criatura que consome sem produzir. Não dá leite, não põe ovos, é fraco demais para puxar o arado, não corre o que dê para pegar um lebre. Mesmo assim é o senhor de todos os animais. Põe-nos a mourejar, dá-nos de volta o mínimo para evitar a inanição e fica com o restante."

"Quatro patas bom, duas patas ruim."

A história do livro se passa na Granja do Solar, onde vivem vários animais sob o cuidado do granjeiro Jones. A vida dos animais na granja ia normalmente até que o porco Major decide contar aos outros animais sobre seu sonho de ver os animais livres das explorações dos humanos. O sonho de Major passa a ser o sonho de todos, trazendo assim uma mensagem de revolução para a granja. Os animais se rebelaram e expulsaram o Sr. Jones, tomando a granja somente para eles. Como marco da conquista os animais mudaram o nome da granja para “Granja dos Bichos” e ela começou a ser administrada então pelos porcos, sob comando do Bola-de-Neve. Os animais seguiam mandamentos criados pelo Major antes de morrer e viviam muito bem e felizes. Mas, certo dia o assistente de Bola-de-Neve, o porco Napoleão, traiu o seu amigo e expulsou Bola-de-Neve da granja. Ele impôs novas regras, além de ter distorcido os mandamentos do Animalismo, nome dado pelos animais da granja para o sistema implantado por eles quando conquistaram a granja. Ele convenceu os animais de que Bola-de-Neve não era um bom animal e fez todos se rebelarem contra ele também, criando uma era de ditadura na granja.

A revolução dos bichos é uma história incrível que apesar dos ares de fábula nos dá lições muito bem construídas. Durante a narrativa somos instigados a refletir sobre política, cultura, sociedade e poder. Os animais ao julgarem errado o tratamento que tem dos homens decidem criar seu próprio sistema, mas assim como acontecia quando o poder estava nas mãos do homem, também acontece quando Napoleão consegue o poder absoluto, repetindo todo o ciclo de abusos. Os mandamentos do animalismo, criado pelos animais da granja em conjunto, também não saem ilesos depois da ditadura de Napoleão. O que antes era:
1. O que andar sobre duas pernas é inimigo.
2. O que andar sobre quatro pernas, ou que tiver asas, é amigo.
3. Nenhum animal vestirá roupas.
4. Nenhum animal dormirá em uma cama.
5. Nenhum animal beberá álcool.
6. Nenhum animal poderá matar outro.
7. Todos os animais são iguais.

Passa a ser, para atender as "novas" necessidades dos porcos governantes:
4. Nenhum animal dormirá em cama com lençóis.
5. Nenhum animal beberá álcool em excesso.
6. Nenhum animal matará outro animal sem motivo.
7. Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais que os outros.

Essa história de traições e abuso de poder deveria ser leitura obrigatória para toda e qualquer pessoa.

Ficha técnica:
Título: A revolução dos Bichos

Título Original: Animal Farm
Autor: George Orwell
Ano: 1945
Editora: Companhia das letras




12 comentários:

  1. Nossa já ouvi falar muito bem deste escritor!! Mas tipo ... muito mesmo kkkk Estou louca para ler seus livros que parecem ser realmente bons, e sempre vejo nas livrarias mas nunca compro rsrs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só li esse por enquanto, mas já tenho outro título na lista para ser lido logo, sinceramente amei a proposta dele.

      Excluir
  2. Que resenha mais legal!
    Eu tenho tanta curiosidade de ler esse livro; uma amiga já me disse que foi um dos livros mais legalize el já leu, mas eu nunca tive oportunidade :(
    Comecei a ler outro livro do mesmo autor (1984), só que por ser um livro clássico, achei a linguagem meio difícil e parei, mas pretendo lê-lo ainda esse ano <3
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não comecei a leitura de 1984 (tá na lista) mas sobre A revolução dos bichos eu achei a leitura bem fácil, talvez pelo ar de fábula que a história traz.

      Excluir
  3. Olá Karol, tudo bem?
    Essa é a primeira resenha que leio a respeito desse livro. A história parece ser muito interessante e empolgante, fiquei com vontade de ler. ♥ Dica anotada.
    Beijos :*

    http://midnight-skies.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro ótimo pra refletir sobre poder e por que não, política? Super vale a leitura.

      Excluir
  4. Este livro é absolutamente genial. Faz o leitor compreender conceitos complexos como totalitarismo e comunismo de uma forma simples e bem clara. Ótima resenha, até me deu vontade de ler de novo!
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! É uma ótima leitura pra quem quer começar a compreender melhor esses conceitos.

      Excluir
  5. Olá, Karol!
    Essa é a segunda resenha que eu leio essa semana desse livro e novamente me despertou uma vergonha imensa por ainda não tê-lo lido hahaha. Já ouvi falar muito dele, claro, mas nunca tive oportunidade de ler. Ele parece ser um livro daqueles que nos faz refletir e acho que seria uma ótima leitura em frente ao que estamos vivendo hoje no nosso país.

    Beijos
    http://aquelaborralheira.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente uma ótima leitura, e é bem curtinho também, dá pra ler bem rapidinho.

      Excluir
  6. George Orwell é um autor genial! Sou simplesmente apaixonada pelos trabalhos dele. Você já leu "1984"? Caso não, recomendo fortemente. É uma distopia que fala a respeito da repressão da sociedade oligárquica. Desse livro surgiu o termo "Big Brother". :)

    Gostei muito da resenha. Parabéns!

    Beijos,
    Attraversiamo

    ResponderExcluir
  7. Oi Karol! Eu li esse livro em 2015, acho, e gostei muito. A história é genial e realmente deixa várias lições. Isso me fez lembrar que estou há tempos com vontade de ler outro livro do George Orwell e sempre esqueço de procurar D:
    Beijo, Bruna S. ♥
    Chanel Fake Blog

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.