Ads Top

Resenha: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática

Confissões de uma garota mal amada capa do livro Thalita Rebouças

"Então resolvi dar uma chance e analisar detalhadamente meu reflexo. Nooossa, eu estava mesmo diferente! O corte mudou bastante meu rosto. Fiquei mais leve, menos escondida.. Minha sobrancelha até apareceu mais. Eu me sentia definitivamente mais feliz. Que loucura.. Como pode ser isso? Um corte de cabelo tem esse poder mesmo, de mudar por fora e por dentro. Eu estava me sentindo mais bonita, sim. E nunca tinha me sentido daquele jeito. Aquilo dava uma confiança que eu nunca imaginei ter."

Tetê é uma adolescente dramática. Mega dramática. E no auge dos seus 15 anos sua família decide que ela precisa de um acompanhamento psiquiátrico. Por onde começam os seus problemas? Bom, que tal pelo nome: Teanira. É, você leu certo. Tea-ni-ra. Uma pequena homenagem aos avós com a junção de seus nomes. Não é o suficiente? Que tal a separação dos pais, o pai ter perdido o emprego, a volta dos pais a morarem juntos, mas, não mais na sua casa, já que estão sem grana. Foram todos morar com os avós. E o bisavô. Ainda não é suficiente? Que tal o fato de ela não ter nenhum amigo e seu apelido na escola ser Tetê-do-Cecê? 

Agora que ela vai entrar no ensino médio (em uma nova escola graças a mudança), sua mãe a leva para uma consulta com o Romildo, um psiquiatra que um amigo de seu pai indicou. Os motivos dos pais? Tetê vive sozinha, melancólica. Só escuta música triste, só lê livro triste, só vê filme triste. Tetê vive triste e na cozinha. Adora cozinhar e isso acabou lhe rendendo uns quilinhos a mais, o que, na opinião da mãe, nem de longe é o maior de seus problemas quando o assunto é beleza. Ela não tem um pinguinho sequer de vaidade, mal cuidada, diriam as más línguas. 

Como que por um milagre, na nova escola ela consegue fazer dois amigos já no primeiro dia: o Davi e o Zeca, que, assim como ela era, são zuados pelo resto da turma. Mas nada mais importa porque ela finalmente tem amigos. Zeca vira sua fada madrinha e aos poucos vai fazendo uma transformação na Tetê: adeus monocelha, adeus cabelo horrendo, adeus exclusão. A mudança é tão grande que até o Erick, galã da sala de aula (que leva sempre seu adereço, Valentina namorada, junto com ele) começa a reparar na moça.

Confissões de uma garota mal amada foto do livro Thalita Rebouças


Com o desenrolar da história nós vamos percebendo que a nossa aparência física não é o mais importante. O importante mesmo é o que vem de dentro, e como essa coisa que vem de dentro se relaciona com a aparência de fora.  Porque, querendo ou não, uma é consequência da outra. Quando a Tetê passa a se gostar, a ser feliz e a querer se cuidar porque cansou de se sentir mal consigo mesma, a mudança de dentro é tão grande que atinge o que está por fora também. E atinge quem convive com ela também: os amigos e a família toda.

Nós percebemos que os problemas que a Tetê tem não são tão graves a ponto de precisarem de tratamento médico, de remédios como a família dela queria. O que ela precisava era de um apoio, de atenção e de coragem para ver que a mudança tem que vir dela. Zeca com o seu jeito todo sincero conseguiu mostrar isso para Tetê. Acusou os erros, mas não parou aí, propôs as soluções também, estendeu a mão e não soltou por nada.

Confissões de uma garota mal amada receitas do livro Thalita Rebouças


A escrita da Thalita é sen-sa-ci-o-nal. Eu interrompi uma leitura pra poder ler esse livro, porque sabe como é, eu estava ali e o livro também, um olhando pro outro até que eu não resisti e devorei ele. Devorei mesmo. Li ele em uma tarde e depois me arrependi porque queria mais e não ia ter. 

A história é narrada em uma linguagem bastante atual, que vai desde as gírias que a gente vê por aí na internet, até emojis no meio das conversas, combinando bastante com o público para qual o livro é destinado. Os capítulos não são muito longos e no meio deles o leitor sempre vai encontrar alguma receitinha (que, sério, quero fazer todas porque não teve nenhuma que não tenha me deixado com água na boca enquanto eu lia). 

A Thalita nunca deixa a desejar nas suas histórias e certamente não foi diferente com a história da Tetê. Ela adentrou mesmo no universo adolescente e nos problemas e dificuldades que quem não está vivendo não consegue enxergar, mostrando tanto a face de quem sofre com o bullying quanto a de quem pratica ele e o que toda essa fase pode causar.

Leitura maravilhosa, rápida, fácil e muitíssimo gostosa. Daqueles livros de devorar da primeira até a última página sem fazer sequer pausas para ir ao banheiro. Super recomendo, não só pra adolescentes, como para os "pré" e os "pós" também, porque apesar do livro falar sobre os dramas da adolescência, ele fala também muito sobre amor próprio e isso é algo que sempre precisamos aprender um pouquinho mais.

Você pode conferir aqui a resenha do livro "Ela disse, ele disse" da mesma autora.

Ficha técnica:
Título: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática
Autor: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Ano: 2016


18 comentários:

  1. Eu já estava louca pra ler, pq né, com essa capa maravilhosa ♡♡♡ e agora tu me vem com essa resenha Karol... PRECISO DE DINHEIRO! Eu apoio a campanha #euemprestolivros e tu manda aqui pro Ceará <3
    Amei muuuuito a resenha :) beijo.

    ResponderExcluir
  2. Eu já estava louca pra ler, pq né, com essa capa maravilhosa ♡♡♡ e agora tu me vem com essa resenha Karol... PRECISO DE DINHEIRO! Eu apoio a campanha #euemprestolivros e tu manda aqui pro Ceará <3
    Amei muuuuito a resenha :) beijo.

    ResponderExcluir
  3. Gente, que resenha maravilhosa! Eu estava doida para saber mais sobre esse livro, pois estava curiosa por ele, além de estar apaixonada por essa capa linda. Depois de ler sobre aqui, vou comprar para fazer a leitura assim que possível! Amei. Um beijo grande ♡

    ResponderExcluir
  4. Estou louca para ler esse livro! Queria tanto ter ido no lançamento que teve em SP, mas não consegui. Perdi todos os lançamentos de livros que eu quero ler :( mas ainda bem que a Bienal está vindo e eu estou mega ansiosa!
    Adorei a sua resenha, não fazia ideia de como era a história. Só pela capa e título dá para perceber que é estilo Thalita de ser haha.

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Eu já estava doida pra ler só pela capa maravilhosa, e com sua resenha então, preciso comprar pra ontem, é tanto livro bom pra pouca grana, que vida hehehe mas super adorei, vai pra lista..

    ResponderExcluir
  6. Adorei o título do livro hahahha A Thalita realmente arrasa na escrita né? Os livros dela são maravilhosos. Ótima resenha, adoreii!!! Beijão ♥

    http://www.sorrisosnooutono.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus! Que livro é esse? Preciso ler com urgência. A história da Tetê é super complicada. Mudanças fazem bem! A Thalita arrasa demais mesmo! Já li um livro dela o Fazendo meu filme. Recomendo muito!
    Beijos, ❤️

    ResponderExcluir

  8. Esse livro ♥♥♥ já vi muitas pessoas elogiando, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha ♥
    E eu já preciso dele :)
    Adorei a sua resenha, e já imaginei como ela ficou depois da transformação rsrsrsrsrs....
    ótimo domingo
    bjo

    Tati C.

    ResponderExcluir
  9. Antes de tudo, esse é um dos melhores títulos haha ❤️ Me identifico!

    Sobre a resenha, eu adorei! A sinopse é super interessante e parece fugir daqueles clichês que todo mundo conhece :D

    Por ser um título difícil de esquecer, assim que eu vê-lo vou comprar *_*

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Acho que escrevi esse livro e nem me lembrava haha

    ResponderExcluir
  11. Parece ser um livro que eu super leria há um tempo atrás, agora nem tanto porque já estou atulhada de coisas que quero ler e nunca leio nada, hahah Mas não posso falar que nunca leria, quem sabe um dia, já que adorei a capa e sou dessas que compra pela capa, hehe :))
    Adorei o post, super bem feito, beijo!

    Sorriso Espontâneo


    ResponderExcluir
  12. Nunca li nenhum livro da Thalita porque nunca tive a oportunidade, mas sempre gostei muito dela! Me identifiquei com título e me lembrei um pouco da minha adolescência. Eu acho que eu talvez precise ir pra consultas do tipo, mas como aconteceu no caso da história acho que situações parecidas, que propõem um bem-estar, de dentro pra fora, são mais eficazes! Minha mãe tem problemas parecidos, de passar muito tempo triste, e sei bem o quanto isso afeta a família e as pessoas ao redor.
    Achei super engraçada a "paquera" entre o livro e você!
    Beijão

    Juhlihipy

    ResponderExcluir
  13. Ainda não conhecia esse livro da Thalita. Parece ser muito interessante e tenho certeza que muitas pessoas vão se identificar com essa história. Conflitos, dúvidas, incertezas, inseguranças. Gostei bastante da sua resenha e da forma como o livro te "paquerou" para que você lesse ele rsrs. super bjooo

    http://lorenacaribe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gostei do livro, e principalmente da reviravolta da personagem. Quero ler, gosto deste tipo de leitura que encoraja as pessoas a mudarem algo que não está legal na vida. Além de passar muitos conhecimentos, como que a verdadeira beleza vem de dentro.
    Adorei post, bjs!

    ResponderExcluir
  15. Esses livros com pessoas um pouco dramatica sempre deixa a leitura mais empolgante rsrs
    Bjuus

    ResponderExcluir
  16. Eu nunca li nenhum livro da Thalita Rebouças, mas tenho curiosidade. Gostei da resenha e da capa do livro!

    Beijos

    http://www.senhoritamarmelada.com/

    ResponderExcluir
  17. Esse livro parece ser um amor <3 já tive várias indicações, tenho que tomar vergonha na cara logo e leeer <333 , beijos.

    prestesavoar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.