Ads Top

365 dias com você


Eu ainda lembro da tarde chuvosa em que você surgiu na minha vida. Lembro daquela primeira conversa um tanto tímida, sobre assuntos banais e do olá desajeitado que a gente se deu. Lembro do aroma do café que você tomou e do jeitinho encabulado que do outro lado da mesa você me olhou. Lembro a forma engraçada com que meu coração palpitou. E lembro que quase não acreditei que aquilo tudo pudesse ser real.

Ah, se eu soubesse tudo que ainda estava por vir. Se eu soubesse tudo que esses 365 dias com você tinham reservado pra mim.

Perdi as contas de quantas vezes o coração acelerou ao receber uma mensagem sua. Ou de quantos beijos eu desviei tentando fingir para mim mesma que não era aquilo que eu sentia. Tolice. 

Eu era temporal em meio a todo aquele amor que você oferecia e lá no meio daquele caos, na minha tempestade, você se fez sol, você se fez calmaria. Depois de alguns capítulos de história, no meio da briga, você chegou e se provou tudo aquilo que eu queria.

Não lembro que horas eram ou como estava o clima lá fora. Lembro que era inverno, mas ali dentro seu abraço me esquentava. Você me disse as palavras mais bonitas que eu já ouvi na vida. E o tom da sua voz sussurrando aquele eu te amo, sem medo da minha reação, era tudo que eu precisava pra finalmente acalmar meu coração. 

E desde aquela noite, naquele fim de agosto, já somamos para nossa conta 365 dias de amor. De amor jorrando, transbordando em cada sorriso, beijo e carinho. 365 dias com você.

E veio de brinde um punhado de discussões, outro de desentendimentos e um turbilhão de sensações que nem todas as palavras bonitas do dicionário seriam capazes de explicar. Porque, afinal de contas, amor é isso: uma mistura de altos e baixos onde o lado bom é sempre infinitamente maior, independente de nossas birras no meio do caminho. 

Decidir viver a dois, decidir compartilhar as boas e as más notícias, os dias de sol e os de chuva, os sorrisos e os choros, ah, sinceramente, é um constante aprendizado. É como eu sempre digo pra você: ninguém é perfeito pra ninguém, mas quando a gente ama, a gente quer encaixar tão bem que tenta ser. Com todos os acertos e tropeços, a gente continua tentando. E é provável que a gente nunca consiga, mas o gostoso mesmo é a tentativa. 

Tenho a mania de dizer por aí que a nossa história merece ser um daqueles romances de cinema. Um best seller nas vitrines da livraria. Porque eu sinceramente amo tanto a nossa história, que dá vontade de poder ficar dando raplay no melhores momentos. 

Nas risadas gostosas depois de uma tarde inteira jogando algum joguinho besta que a gente encontrou. Nas noites geladas que a gente passou em baixo das cobertas assistindo algum clichê. Nas noites estreladas em que a gente encheu a cara e conversou sobre o infinito. E em todos os outros momentos que a gente simplesmente se amou. 

Perto ou longe, todos os momentos em que a gente pensou um no outro são lembranças que vamos guardar pra sempre. E a cada novo segundo, uma nova pequena lembrança de amor é formada por nós dois. E assim vai continuar sendo, porque hoje marcamos no nosso calendário os primeiros 365 dias. 365 dias com você. Felizmente, ainda tem muito amor por vir.

365 dias com você

5 comentários:

  1. Oinn que fofura esse texto *-* Me identifiquei total, fiquei imaginando eu e o meu namorado (agora marido) enquanto lia o texto hihi ~ amei essa frase: "afinal de contas, amor é isso: uma mistura de altos e baixos onde o lado bom é sempre infinitamente maior, independente de nossas birras no meio do caminho." E concordo plenamente... e os momentos bons sempre vão ficar <3
    Parabéns pelo texto, ficou incrível ~ quentinho e confortável ~ ♥♥
    Beijinhos com amor,
    http://www.pequenomundodesarah.com/

    ResponderExcluir
  2. Tou amando muito todos os seus textos karol. *-*
    São lindos, todos.
    Eu tive um blog de textos a muito tempo, ganhava prêmios e tudo, mas acabei abandonando.
    Beijos.
    www.oxentebonita.com

    ResponderExcluir
  3. que textinho gostoso *-*
    ameeei! você escreve muito bem, parabéns!!

    nuvemvoadoraa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. "Porque eu sinceramente amo tanto a nossa história, que dá vontade de poder ficar dando raplay no melhores momentos." Ai, gente, essa é a sensação mais gostosa do mundo! Que lindo você expressá-la agora, que lindo você se sentir assim, o sentimento continua por 12 meses, por 52 semanas, e que lindo que esse tipo de "trem bom" não passa!

    ResponderExcluir
  5. "Porque, afinal de contas, amor é isso: uma mistura de altos e baixos onde o lado bom é sempre infinitamente maior, independente de nossas birras no meio do caminho." ♥ Nunca me canso das tuas palavras. Acho que o amor tem dessas, né? Quando a gente decide por compartilhar a vida com outra pessoa, estamos deixando aberto um caminho que muitas vezes pode ter obstáculos, mas quando somado ao inúmeros sentimentos, as coisas se tornam mais levinhas. É tão bom isso. Até as discussões, quando partilhadas com alguém que gostamos, se torna interessante.

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.
UA-80596339-1