Ads Top

Às vezes é preciso partir


As coisas já não podiam ser como eram antes, já não cabiam mais argumentos. O silêncio a cada dia se tornava mais ensurdecedor. A convivência já não era empolgante; tudo que um dia fez bem, já não fazia mais. O que antes era encantador, perdeu o brilho, e o que tínhamos para oferecer um pro outro se tornou insuficiente para sustentar uma relação saudável.

Mesmo com todos esses motivos, não foi nada fácil me despedir, com certeza foi uma das decisões mais difíceis que já tive que tomar na vida.

No momento em que escrevia aquele bilhete, na minha cabeça passou um filme de toda nossa história, me veio às melhores lembranças de nós dois, quando tudo parecia perfeito, quando existia uma sintonia fina entre nós. 

Sinceramente é difícil entender como chegamos a esse ponto, juro que tentei adiar diversas vezes esse momento, mas, cada dia que se passava ficávamos mais distantes um do outro, não tinha mais assunto, já não fazíamos nada juntos; toda aquela intensidade que um dia já foi comum na nossa relação, estava resumida num "Bom dia".  Foi quando me dei conta que ir ou ficar já não era uma questão de escolha, não havia outra decisão a tomar. 

Assim com certeza será melhor pra nós dois, por isso resolvi sair agora, enquanto ainda há tempo de preservar tudo de bom que já vivemos, e  levar no coração as boas memórias de nossa história intactas, sem o comprometimento do desprezo da mágoa.



4 comentários:

  1. Aquele texto que desencadeia um temporal dentro de quem lê. Já passei por isso com meu atual namorado e sei bem como requer todas as forças desistir de quem se ama. No final a gente voltou depois de uns bons meses afastados. Ele mudou, eu mudei e hoje ele é mais do que namorado, é melhor amigo. Mas antes disso foi bem complicado, viu? Necessitei de uma boa dose de paciência. Lindo demais esse texto, como todos os outros que leio por aqui. Beijos

    https://itiskimby.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes é necessário e libertador. No inicio pode doer, mas no fundo sempre sabemos a melhor escolha a fazer! Que bom que no seu caso serviu pra mudança de ambos, e com certeza voltaram muito mais fortalecidos. Vida longa... Bjs

      Excluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.