Ads Top



esse é para o o primeiro
que não foi o melhor e nem será o derradeiro
que fez o que era puro e intenso se tornar obscuro
veneno denso
com a promessa feita, a palavra dita e o toque consentido
com sentido
fez mentiras, calúnias e cravou espinhos
esse é pra’quele que deu sorrisos e tirou a paz
que deu a mão e bateu na cara
criou a confiança e levou pro abate
pagou com beijos para deixar em silêncio
as mentiras e tudo que não era consenso
apenas o primeiro bandido
otário, estúpido, grosso, insensível
orgulhoso, infiel e egoísta
mimado, amado. 
que era benquisto.
o primeiro que jogou, teve o que quis contigo
pegou o valor e devolveu em troco
armou, iludiu e trapaceou tendo visto
apenas o primeiro de um monte de canalhas desse mundo
não o pior, muito menos o mais lindo
só o errado, o destino cumprindo
as consequências de escolhas feitas ao instinto
para desejos da carne com um pouco de pecado e vinho tinto
eu pago tudo e bebo mais
o primeiro não me fez desacreditar em outros infinitos
traz outra dose que eu não vou deixar de me entregar
nunca
eu não fui a última.
e sei que não vou ser.


4 comentários:

  1. Que profundo esse poema! Me lembro que quando era mais nova adorava escrever poemas curtos. Adorei o seu, você tem muito talento!
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Deus do céu, para tuuuudooooooooooooooo!
    Esse texto é pra mim, eu me identifiquei com cada palavra, vou salvar aqui.
    E ele foi justamente o primeiro! Fez calúnias, trocou o que era puro por algo obscuro, foi embora, deixou um silêncio. Do mesmo jeito.
    Os últimos versos são ainda encantadores porque revelam a minha essência porém estou tendo dificuldades pra acreditar num futuro promissor por causa disso tudo. Mas no fundo eu ainda acredito em infinitos melhores.

    Juhlihipy

    ResponderExcluir
  3. "traz outra dose que eu não vou deixar de me entregar nunca". Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei! Quanto talento guria! Admiro muito pessoas que se desfazem tim tim por tim tim em palavras <3

    https://itiskimby.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.