Ads Top

Deixa esse coração se curar, menina!

Deixa seu coração se curar, menina

É claro que dói. Coração partido dói mais do que quebrar o braço. E, talvez, demore mais pra se curar também. Mas, deixa esse coração se curar. Porque assim como com o braço, é preciso imobilizar por um certo tempo um coração partido. É preciso tomar um certo cuidado, e é preciso também chorar, deixar doer e cuidar pra ninguém ficar tocando. A diferença entre o braço e o coração partido, é que nós mesmos somos os nossos doutores: somos nós que vamos avaliar quando ele já está sarado, quando pode amar de novo, quando está pronto para se deixar ser amado. Somos nós que decidimos quando ele ganhará alta.

Ficar remoendo, triturando, se torturando com o que o palhaço que quebrou seu coração te falou por não saber te amar pode até ajudar nos primeiros dias, afinal, é preciso sentir a dor para que ela possa ser curada, mas depois disso, menina, esqueça. Perdoe a falta de amor dele e perdoe também a sua falta de sorte. Talvez essa sua falta de sorte até venha a se repetir uma ou várias outras vezes, mas cá entre nós, se ele chegou a partir seu coração, foi porque valeu a pena, não foi?

Ninguém encontra o amor, aquele amor que a gente sonha em ter desde pequeno, sem arriscar. Sem se jogar de cabeça quando algo nos diz que achamos. É preciso arriscar no amor. É preciso acreditar naquilo que o seu coração tanto insiste em gritar aí dentro. Pode até ser que não dê certo, como não deu o último, mas você vai mesmo querer deixar o amor da sua vida escapar porque um cara que não estava pronto pra te amar te machucou?

Liberta seu coração dessas mágoas antigas que já não te acrescentam em nada. Troca esse desamor que carrega no peito por um punhado de sorrisos. Sorrisos esses, desse tanto de gente que tá aí ao seu redor, só esperando um espacinho pra poder mostrar que também sabem e podem te fazer feliz. Desapega desse medo tolo e aprende a se amar também. Deixa seu coração se curar, menina.

Imagem: We♥it
Desamor, superação, comportamento, fim de relacionamento

10 comentários:

  1. Perfeito! Caramba, me vi em cada trecho do texto. Era exatamente o que eu precisava ler, e exatamente como eu tinha me comportado. Uma dose de realidade sempre é muito boa. Um problema é desconfiar de que todos os próximos irão se comportar como o babaca anterior, mas é aquela história de que "seu novo amor não tem culpa do interior". Super verdades!

    Juhlihipy

    ResponderExcluir
  2. Acho que é bem por aí mesmo. E acho que tudo tem um tempo certo, o tempo de se curar, de repousar e de novamente se arriscar. Acho que vivemos assim, não temos certeza de nada e quem não se arrisca não vive. Adorei o texto!
    www.simplesmenteciana.com

    ResponderExcluir
  3. Esse blog é um lugarzinho gostoso de visitar sabia? Sempre tem um texto bacana, cheio de lições importantes e uma boa dose de positividade. Curto muito vir aqui, amei o texto como sempre muito bem escrito com aquela entonação prafrentex sem neuras e cheio de esperanças para um amanhã que tem de tudo pra ser muito melhor! =D

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, não visito tantos blogs com textos autorais assim e faz falta ... achei o texto perfeito, mas ao mesmo tempo, fácil de escrever e dificil de agir haha, as vezes é complicado deixar pra lá ... :*

    ResponderExcluir
  5. Muito bom esse texto, me identifiquei muito, apesar de ter tido apenas um namoro sério antes do atual eu já sofri muito por meninos que brincaram com meus sentimentos, principalmente com o meu primeiro namorado. Demorei meses pra me curar da dor e quase deixei escapar alguém especial, mas eu decidi arriscar e hoje estou super feliz!

    ResponderExcluir
  6. texto maravilhoso, como sempre <3
    concordo muito com o que vocês disse: de vez em quando a gente tem que dar um tempo, esperar as coisas ficarem bem dentro da gente :)
    nunca passei por isso, de tremeu coração partido por um garoto, mas eu sei que deve ser horrível!

    beijos ❤️

    ResponderExcluir
  7. Oi Karol, adorei o texto. Me identifiquei por estar passando por um momento de coração partido agora, me separei não tem nem um mês a dor já foi maior porém com o passar dos dias a gente vai melhorando e tentando sair da tristeza. E realmente nós somos os doutores de nós mesmos e a dor só fica se permitirmos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo teu texto! E a parte "É preciso arriscar no amor" é muito verdadeira. Se não arriscarmos, nunca saberemos que fim um história pode ter.

    ResponderExcluir
  9. Concordo com você "e é preciso também chorar, deixar doer e cuidar pra ninguém ficar tocando." estou nessa fase e precisava muito ler esse texto.

    ResponderExcluir
  10. Quando encontramos o mais perfeitos dos textos para o momento!

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.