Ads Top

elas se amam


Ela nunca soube decifrar o que se passava no seu coração, nunca tinha certeza se era amizade, se era amor, ou se era paixão. Sempre foi muito confusa quando o assunto era relativo ao seu coração.

Perdeu as contas de quantas vezes quebrou a cara por se jogar em sentimentos rasos, quantas vezes sofreu por paixões inventadas, e amizades perdidas.

Mas depois daquela chuva repentina no meio da tarde, típica dos dias quentes de verão, tudo mudou; e o motivo foi a dona de um lindo sorriso alvo e reluzente, olhos negros envolventes, cheia de melanina na cor; que lhe ofereceu uma carona no seu pequeno guarda chuva.

Embaixo do guarda-chuva, mal couberam as duas, mas ainda sobrou espaço pra florescer um lindo sentimento, choveu amor naquele momento.

E finalmente, naquele momento, ela sabia exatamente  o que estava sentindo. Sem confusões, sem receios.

Se encontrou nas curvas daquele corpo de mulher, nunca havia se sentido tão acolhida antes.

Agora o beijo tem mais sabor, o sexo tem mais prazer, descobriu que o amor não escolhe a quem e adora nos surpreender, que toda forma de amor vale a pena viver. 

Elas se amaram, simples assim.

elas se amam


5 comentários:

  1. Enviamos um convite para o teu email :)

    ResponderExcluir
  2. Eu to apaixonada por esse texto!! Que lindo <3

    ResponderExcluir
  3. Leo, que texto maravilhoso, sério. Primeiro que vejo sendo feito entre pessoas do mesmo sexo. Está de parabéns. Isso até me inspirou...

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.