Ads Top

Segunda Poética - Tempestade

Tempestade 

E assim ela chegou
feito uma tempestade,
desaguou no meu coração.

Um rio de afluentes sem fim,
enxurrada sem direção.

Cachoeira de desejos
onde era precipício.

Hoje só restou pingos de saudades
"Lá se foi a tempestade..."



2 comentários:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.