Ads Top

Deixa eu me curar sozinha

deixa eu me curar sozinha


Eu tava aqui pensando e cheguei a conclusão que eu não consigo guardar rancor. É, exatamente isso. Eu não consigo guardar rancor. Não de você, pelo menos. Devo ter nascido com alguma coisa a menos, porque isso chega a ser meio ridículo. E olha, vou te contar que eu já tentei, viu? Já tentei inúmeras vezes não te perdoar pelas coisas que você fez e me machucaram.

Eu já escrevi e enumerei cada uma delas, na esperança de que decorar a lista inteira, naquela ordem, fizesse com que meu coração não derretesse sempre que você vem atrás de mim, pra gente conversar sobre qualquer coisa, como se nada tivesse acontecido.

Eu já tentei relembrar cada uma das vezes em que eu voltei atrás e me machuquei de novo, pra ver se eu paro de ser tão estúpida e consigo me desprender de uma vez por todas dessa história. Mas não dá, essa coisa de guardar rancor não é pra mim.

Meu coração acelera só de ouvir a sua voz. Então, por favor, não vem com essa carinha pro meu lado, não. Não me encara com esses olhos brilhando e nem me pede por um abraço se o seu corpo vai estremecer quando encostar no meu. Não faz eu acreditar de novo que vai ser diferente dessa vez.

Não chega por aqui mais uma vez se você não pretende ficar. Não me faça mais promessas que você não tem a menor intenção de cumprir, porque cê sabe que eu acredito. Eu acredito em cada uma delas, sempre.

Não vem pro meu lado como se nada tivesse acontecido, como se você nunca tivesse me magoado. Você já sabe que eu não resisto. Você já sabe que eu me derreto toda.

Me deixa quietinha dessa vez, por favor. O coração as vezes demora a se curar, mas ele sempre fica bem. Com tempo, ele sempre fica bem. Não vem, não liga e não me escreve. Deixa eu ficar na minha dessa vez. Deixa eu me curar sozinha.

Karoline Krahl

2 comentários:

  1. Que texto perfeito, me emocionei com cada palavra! Eu nunca tiver um relacionamento, mas passou um filme na minha cabeça dessa situação toda...<3
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.
UA-80596339-1