Ads Top

Amores cotidianos










Gosto desses pseudo amores que a vida proporciona, que aparecem durante o dia, sem avisar. Quando noto a moça sentada a algumas cadeiras de mim, com seus fones e olhando para o nada.

Imagino a música que escuta, seu nome, sua voz, sua risada, como seria a sensação de sua testa colada na minha, encostando a ponta do nariz gelado um no outro, seguido de um sorriso.

Antes que me note olhando com cara de bobo, me distraio com algo, para nunca mais lembrar de seu rosto. Amores como em copos de 50ml’s de café.


Um comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.