Ads Top

Tem essas noites em que eu sinto sua falta



Tem essas noites em que eu sinto sua falta. Não que eu não sinta falta em outros momentos, mas tem essas noites em que a saudade vem e se aconchega no meu peito. Essas noites em que ela vem pronta pra montar acampamento no meu ser inteiro.

Tem essas noites em que a temperatura cai lá fora e aqui dentro até as cobertas que você costumava se enrolar sentem falta de você. Tem essas noites em que o netflix já sugere direto aqueles filmes chatos que você costumava escolher. E eu, acato. Assisto sozinha algum desses e imagino o som da sua risada invadindo o quarto inteiro a cada cena besta em que os personagens se metem em alguma confusão. 

Sabe, essas noites em que eu abraço meus travesseiros e consigo sentir o seu perfume ainda ali, mesmo que isso seja fisicamente impossível já que a tempos você não encosta sua cabeça neles. 

Essas noites em que o coração aperta com o cheiro da pipoca ficando pronta, porque isso desencadeia um turbilhão de lembranças boas que compartilhamos. 

Eu sinto sua falta em vários momentos. Mas é que tem essas noites em que tudo aqui me lembra você. Em que meu próprio corpo é uma lembrança das noites em que você passava horas acariciando-o. Essas noites em que eu quero pegar o telefone e te escrever, te dizer que a saudade tá batendo aqui. 

Felizmente, seu contato eu já apaguei. E aos poucos essas noites vão diminuir também, até sumir. Até não existirem mais. Até a lembrança ser apenas isso: uma lembrança, dessas que não vem carregadas de saudade. Até lá, eu escrevo. Com destinatário mas sem endereço de entrega. Até lá, eu falo de saudade enquanto espero ela passar. 


Nenhum comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.