Ads Top

06 coisas boas que aconteceram nesses 06 meses de 2017



A gente chegou em julho e sempre me dá aquele desespero de "meu deus, já se passou meio ano, o que foi que eu fiz nesse tempo?". Como vocês já sabem (ou se não sabem perdoem o vacilo, tô contando agora) eu sou movida a listas. Faço listas pra absolutamente tudo na minha vida. Então, pra parar de ficar pensando em como eu perdi tempo nesses meses e não fiz nada, decidi listar 6 coisas boas que aconteceram comigo nesse primeiro semestre de 2017. 

1. A página no facebook do Entre Cartas chegou em 20mil curtidas


Faz pouco tempo que a gente chegou em 20mil corações lá na página e eu simplesmente não tenho palavras pra expressar a felicidade de ver isso. Sério, é muita gente! É um número que eu jamais imaginaria alcançar quando criei lá em novembro de 2015 o blog. Confesso pra vocês que eu dei pulinhos pela casa quando isso aconteceu, porque a felicidade não cabia mais no corpo.

2. O Entre Cartas alcançou 150mil pageviews num mês


Esse número foi alcançado durante o mês de junho e eu quase tive uma taquicardia quando vi acontecer. É muito amor pro meu coraçãozinho ver esse cantinho aqui atingindo tanta gente, chegando tão longe. 

Um detalhe legal aqui é que eu havia prometido que quando ele chegasse em 100mil num mês eu daria início ao projeto de um canal no youtube pro Entre Cartas conseguir abordar ainda mais assuntos e a gente poder conversar de forma ainda mais pessoal sobre amor, relacionamentos, comportamento e empoderamento. Então, pelos próximos meses, esperem novidades. 

3. Passei na federal


Eu abandonei o curso de comunicação (publicidade) pela metade e decidi me arriscar nas letras. Aí me deu uma loucura e do nada decidi tentar a federal que queria quando saí do ensino médio (e não tentei na época). Consegui passar e fiquei naquela indecisão de: vou ou não vou? Só me decidi com total certeza uma semana antes de fazer a mudança pra cidade da faculdade. Mas, não me arrependo nem um pouco. 

4. Conheci pessoas incríveis


Como eu falei antes, eu mudei de cidade em questão de ter passado pra faculdade federal. Isso fez com que muita coisa na minha vida mudasse e me fez conhecer muitas novas pessoas, afinal, eu não conhecia muita gente nessa cidade que vim (Santa Maria/RS). 
Vou dizer pra vocês que eu dei muita sorte porque já no primeiro dia de aula conheci pessoas maravilhosas que me ajudaram muito na adaptação aqui e me fizeram me sentir em casa. 

5. Comecei a morar sozinha 


Esse tópico é bom e ruim ao mesmo tempo, porque a saudade dos meus pais aperta o coração todo dia, mas levo em consideração o quanto eu tô aprendendo morando longe também. Tenho um adendo aqui porque eu não moro realmente sozinha, eu divido apartamento com um primo da mesma idade que eu. 

Sério, a gente acha que é só maravilhas morar sozinho, longe dos pais e apesar de ter todo o lado bom, morar sozinho pode ser um caos quando você percebe que esqueceu de comprar comida, papel higiênico, sabonete ou qualquer outra coisa importante. 

6. Parei de discutir na internet


Pode parecer besteira colocar esse tópico aqui, mas isso foi muito importante pra minha saúde mental. Minha principal resolução de ano novo foi parar de me irritar por pouca coisa e principalmente não me colocar em situações que poderiam ser estressantes. E, convenhamos, seja lá a ideologia que a gente defende, discutir no facebook ou comentários de sites de notícias na maioria das vezes só serve pra deixar a gente louca da vida querendo explodir tudo. 

Posso contar nos dedos de uma mão (e vai sobrar dedo!) quantas vezes eu parei pra discutir na internet esse ano, o que sinceramente é uma conquista pra moça aqui que ano passado não passava um dia sem se estressar no facebook. A internet é muito mais agradável hoje em dia. 


Eu teria várias outras coisas lindas pra citar aqui, como as propostas de publicações que recebi ou outras metas pessoais que alcancei, mas essas  06 que destaquei são as que mais me fizeram bem ou feliz. Elencar elas assim e listar é um jeito bem legal de ver como esses meses não foram perdidos, muito pelo contrário. 

E você, já fez seu balanço semestral de coisinhas boas?


13 comentários:

  1. Quanta coisa boa, miga. Fico feliz que tenha passado na Federal e por todos esse total de visualização. Que venha se multiplicar a cada mês.
    Um beijão.
    www.memorizeis.tk

    ResponderExcluir
  2. É uma sensação tão boa que sentimos quando conseguimos bater a meta não é mesmo? Parabéns por ter batido os 20k lá no facebook...

    www.ocristaocriativo.blogspot.com
    @ocristaocriativo (instagram) 💚

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de post! Sempre bom ver as coisas boas que aconteceram, né?
    Fico feliz demais por você ter tido tantas experiências incríveis... Também tô fazendo letras numa federal, podíamos trocar figurinhas pra ver as diferenças entre o curso depois, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaa, vamos! Eu tô achando letras muito amor ♥

      Excluir
  4. Awn! Só posso dizer meus parabéns por cada conquista sua. Mas vou falar um pouquinho uma por uma, ok?
    1- Se até eu, cara leitora, fico mega contente quando vejo aqueles 20k ali na page, imagino você. É só amor do coração e gratidão.
    2- E não é pra menos, né? Olha o tanto de texto perfeito que tu posta? Que venham muitos mais números pra agregar ali.
    3- Que responsa, hein. Passar em Federal não é pra todos, então, mais uma vez, parabéns. E boa sorte no curso de letras, creio que irá te dar super bem.
    4- Conhecer pessoas novas e estar num lugar novo é motivador e inebriante. Dá um gás a mais na vida. Lembro que quando passei por essa experiência, não tinha tempo ruim. Foi incrível demais.
    5- Não sei se é só eu, por questão de ser bem organizada, mas nunca esqueci de comprar as coisas que precisava, rs. Porém, imagino como deve ser. Mas a experiência, mesmo passando por vários perrengues é maravilhosa e o que aprendemos com isso, nos ajuda em todo o restante das nossas vidas.
    6- Essa eu posso dizer com tamanha propriedade que eu sei muito bem o que sente no momento, pois eu passei a fazer isso também. Antes, quando vinham falar algo pra mim, se eu não gostava, logo saia brigando, discutindo, com os haters então? Era o que eles queriam, que eu me irritasse, e eu fazia exatamente o que eles queriam. Hoje? É raro isso acontecer, e se acontece, eu não deixo transparecer. Fico na minha e tento nem responder, pra não dar mais motivos das pessoas continuarem. Chega a dar um alivio quando eu escrevo uma resposta lacradora que vai dar polêmica e penso: não, isso só vai me dar mais incomodação. Aí deleto tudo.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  5. PARABÉNS <3 você conquistou isso por mérito e pelo que leio você é muito dedicada e conquistará muito mais. Lhe desejo tudo de melhor sempre <3 Beijão
    Charme-se

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelas conquistas, moça ♥ Trocar de curso é uma loucura, mas se a gente não tá feliz, tem que tentar, né? Fico bem animada em saber que está tendo essa nova experiência e que ela está te agregando coisas novas e positivas. Morar sozinha vem junto responsabilidade até a última, mas é como se sentir livre e renovada. O problema é esquecer das coisas iaheiuahe, isso é fato. Mas, no fim, a gente dá boas gargalhadas. E quanto a discutir na internet, FAZ MUITO BEM ♥ Eu deixei de me importar com brigas e perrengues na net, principalmente porque isso dá um cansaço mental imenso rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Kelly! ♥
      Já passei cada situação por esquecer que olha, só rindo mesmo haha

      Excluir
  7. #6 é uma escolha sábia para qualquer um que quiser manter sua sanidade e guardar a sua energia para as coisas que precisam ser feitas. Olha, não é fácil, a gente lê cada coisa por lá. O que me fez parar com isso foi o seguinte: gente, se essa pessoa falasse isso no meio da rua, as pessoas iam dar atenção ou achar que ela era louca e continuar andando? rsrsrsrs!

    beijos!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIMMM
      Foi a melhor coisa que fiz pela minha saúde mental nos últimos tempos.

      Excluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.