Ads Top

Eu tive medo de me apaixonar



Eu não quis conhecer você. Não quis me aproximar, não quis fazer parte do seu mundo. Eu não quis saber quem você realmente era por baixo dessa imagem que criou na tentativa de se defender do mundo ao seu redor. 

Eu tive medo de me apaixonar. Eu ainda estou tão frágil de todos os outros tombos que você poderia me destruir. Você tinha potencial para isso, sabe? Porque eu sei que se eu entrasse no seu mundo, se eu conhecesse seus detalhes, eu poderia lhe amar. E, não tem nada de errado com você não, é só que eu não estou pronta para amar de novo. E assim como não seria justo com você te entregar meu coração despedaçado, não seria justo comigo mesma não esperar ele se recompor. 

Eu não me importava de dividir a cama com você. De assistir e discutir filmes bobos ou rir a noite inteira na sua companhia. Não me importava de te fazer carinho por horas a fio ou te animar naqueles dias que você precisava. Não me importava em ter pequenos momentos bons na sua companhia e dividir o meu café com você.

Mas eu não queria saber seus sonhos, seus planos nem sua canção favorita. Não queria saber como você via o mundo ou quais escritores moldaram sua personalidade. Não queria conhecer suas histórias de família. Nem que você soubesse as minhas. Você sabe, esses detalhes íntimos que de alguma forma possam fazer com que sejamos importantes um para o outro. 

E eu sei, isso é uma droga. Se privar de coisas tão bonitas. Se privar de conhecer alguém tão disposto a se deixar ser conhecido. Mas eu não poderia me permitir me apaixonar. Não por enquanto. Não seria justo comigo. Não seria justo com você. Como eu disse, você poderia me destruir.


2 comentários:

  1. Ultimamente estes textos estão me deixando muito sem palavras, mais que o normal. Só sei que tô compartilhando, pois me identifico demais. Eu sou dessas que some pois percebe que pode se apaixonar, mas que, no momento, não estou pronta, não é o que quero, então me afasto, pois sei o quanto a pessoa pode me enfraquecer, o quanto a pessoa pode amolecer meu coração.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  2. Socorro, Karol do céu ❤
    Estou apaixonada por esse texto por dois motivos: você escreve muito bem, com poesia simples e doce (me encantei mesmo) e passei por uma situação semelhante a pouco tempo, meu deus. Parece que foi feito para mim esse seu post. A.M.A.N.D.O!

    Beijão, babe
    Supimpa Girl

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.