Ads Top

06 Filmes nacionais colegiais para conhecer



Um dos posts mais acessados aqui do Entre Cartas é o "10 filmes colegiais para assistir na netflix". E, como vocês bem sabem, eu adoro esse estilo de filme cheio de drama adolescente. Acho eles tão gostosinhos pra assistir se empanturrando de pipoca e docinhos. E, como ele é um dos mais acessados, acho que posso chegar a conclusão de que a maioria dos leitores aqui do blog também gostam desse estilo de filme, né? 

Então, me baseando nessa conclusão, decidi trazer mais uma lista de filmes nesse estilo. Dessa vez escolhi pegar a temática filmes nacionais. Porque aí além de trazer uma lista de filmes colegiais dá pra mostrar também um pouquinho das nossas produções nacionais que são tão deixadas de lado na hora de escolher um filme. Segue abaixo 08 filmes nacionais colegiais que se você gosta desse estilo, pode gostar de conhecer:


01. Desenrola




O filme desenrola nos conta a história de Pricila: uma estudante do ensino médio que está ainda descobrindo sobre amor, sexo e amizade. Sua mãe sai em uma viagem de 20 dias a trabalho e Pricila fica sozinha durante esses dias, os quais vão mudar completamente seu jeito de encarar o mundo. 

02. Confissões de adolescentes



Confissões de adolescentes provavelmente é o filme colegial nacional mais conhecido. Ele é a adaptação do livro Confissões de adolescentes (que tem resenha aqui no blog) e narra a história de 04 irmãs, em diferentes idades, mostrando vários pontos e dramas que todo mundo passa na adolescência. Desde a primeira paixão, primeiro beijo, primeira festa, primeiro término, até gravidez não planejada e descobertas sobre o próprio corpo e a própria sexualidade. Tudo isso sendo contado de forma leve e divertida.

03. Hoje eu quero voltar sozinho 




Hoje eu quero voltar sozinho é um filme cheio de amor e sensibilidade. Narra a história de Leonardo, um adolescente deficiente visual, estudante do ensino médio. Acompanhamos no filme várias descobertas do personagem, sobre amizade, liberdade, família e principalmente amor, quando o personagem se vê tendo sentimentos até então desconhecidos pelo mais novo aluno de sua turma, Gabriel. Antes de virar um longa metragem a história de Leonardo foi contada num curta metragem chamado "não quero voltar sozinho."


04. As melhores coisas do mundo




O filme nacional colegial as melhores coisas do mundo narra a história de Mano, um típico adolescente de 15 anos. Seus pais estão passando pelo processo de divórcio e além do apoio de seu irmão mais velho, Mano também conta com o apoio de seus melhores amigos para superar isso. No desenrolar da história Mano precisa aprender a lidar também com amor, sexualidade, depressão e tantas outras descobertas da adolescência.  

05. O diário de Tati



O Diário de Tati é a adaptação cinematográfica do livro de Heloísa Perissé. É um daqueles clichês da adolescente rebelde que está se ferrando na escola mas que está sempre disposta a sair com as amigas e conhecer alguns garotos novos. O filme é muito mais praquele lado comédia pastelão, mas ainda assim consegue explorar os dramas da escola e da adolescência.


06. É fada



Todo mundo deve ter ouvido falar do filme que a Kéfera lançou. O filme é fada é uma adaptação do livro uma fada veio me visitar da escritora nacional Thalita Rebouças e conta a história de Júlia, uma garota que sempre viveu com o pai sem muito luxo e se vê obrigada a adentrar numa realidade completamente diferente quando sua mãe retorna para sua vida e coloca Júlia em uma "escola de bacanas". Para ajudar a lidar com todas as mudanças em sua vida Júlia recebe a visita de Geraldine, sua fada madrinha.


2 comentários:

  1. Não sou muito fã de filmes brasileiros, mas alguns eu até curto. De todos estes que listou, o único que assisti foi É Fada e me decepcionei. Achei bem ruim, só gostei da trilha sonora, kkkk. Mas vem cá, esse é o Fabio Porchat na primeira? Se é, gente, que baby.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  2. "As melhores coisas do mundo" é um filme que sempre que vejo que tá passando, assisto. Acho ele maravilhoso dentro de todas as temáticas que aborda e cada fase da minha vida em que ele reaparece é um aspecto que "bate" mais forte. Incrível!
    E "Hoje eu quero voltar sozinho" tá na lista pra ver há meses, só preciso ter psicológico!

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.