Ads Top



Me embebedei com teus beijos
Me droguei com seu cheiro
Me acostumei com sua voz.

Me perdi na imensidão de seu olhar
Me descontrolei ao toque de seus dedos
Me apaixonei pela sua companhia.

Me vi perdida ao deixar seu mundo.
Me vi incompleta, partida, abandonada!
Entrei em abstinência quando não te tive mais porque era viciada em você.

Foi quando percebi que eu não precisava de você pra ser completa
Porque eu era a droga que me faltava. Uma droga bem mais forte que você.
Só precisava me consumir.

E foi o que fiz
Devorei-me por dentro e percebi o quão viciante sou.

Se quiser pode se drogar de mim. Vicie-se. Prometo ser inesquecível, impactante e causar um efeito simplesmente devastador, no bom sentido.

Controlarei seu SNC, farei seu coração acelerar e vou te deixar em êxtase por um bom tempo.

Mas lembre-se sempre: pra me ter por perto terá que alimentar meu vício de você também. Isso se tornará um ciclo sem fim. Está preparada?

Espero que sim. Sou um caminho sem volta.

Bem vinda ao labirinto.



Um comentário:

  1. "Me vi perdida ao deixar seu mundo.
    Me vi incompleta, partida, abandonada!
    Entrei em abstinência quando não te tive mais porque era viciada em você."
    tão verdadeiro :(
    espero me viciar em mim também em breve, por enquanto continuo estagnada nessa estrofe.


    Com carinho, Beca;
    Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.