Ads Top

Nós ainda podemos ser?



A pior coisa que fiz, foi ter falhado com você.
Foi ter beijado outra boca, quando ela deveria ser só sua. Me divertido nos bares e mantido aquele maldito aplicativo no celular. Meu maior erro foi achar que você seria só mais um, que não me apaixonaria, que não teria futuro.
Que tudo seria só uma vez, que aquele sentimento esquisito nas minhas palpitações quando nossos olhares se encontraram no nosso mais íntimo momento, era besteira. Não era nada.
Mas já era amor. O teu castanho invadiu o mais profundo de mim, e era tarde demais quando pensei: Já era.
Não pude nadar contra a maré. E eu tentei, tentei o mais forte que meus braços poderiam suportar as ondas. Nunca deveria ter negado. A tua alma sempre foi sincera, sem armaduras, e errei.
Deveria ter me entregado, enxergado desde o princípio.
Me perdoa. Eu não conhecia esse sentimento que todos falavam e tinha muito medo de sentir.
Mas, agora que sinto, é tudo que mais quero. Você é o que mais quero ter.
Demorei para admitir: No momento em que cruzou meu caminho, eu já era só sua também. Nós ainda podemos ser?


http://www.entregalaxias.com.br/


Nenhum comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.