Ads Top

Hoje eu queria poder falar com você



Hoje, eu queria poder falar com você. Queria ter ainda seu número guardado na agenda, queria que a memória não tivesse falhado e eu ainda lembrasse dele assim que pegasse o celular. Queria ter seu novo endereço ou saber se você ainda acessa aquele e-mail antigo. 

Hoje, eu simplesmente queria poder falar com você. Falar do que eu entendo hoje e não entendia antes. Falar das vezes que você estava certo e eu ainda era boba demais, inexperiente demais pra entender. Falar de todas as brigas que eu criei simplesmente por não conseguir enxergar da mesma forma que consigo hoje.  

Queria lhe agradecer a paciência de tentar me explicar tanta coisa e mais ainda a paciência de permanecer ao meu lado mesmo quando eu não era capaz de compreender. E principalmente, queria poder falar que não foi culpa de ninguém não ter dado certo. Tem essas coisas que hoje eu entendo mas que jamais entenderia ao seu lado, por mais paciência que você tivesse.  

Queria lhe agradecer por me deixar trilhar meu caminho sozinha quando isso se fez necessário. Eu precisava viver, precisava sentir e aprender por minha própria conta também. Assim como tem coisas que você não compreendia quando eu lhe falava, porque não adiantava eu falar de algo que você nunca sentiu, de algo que nunca sentiria comigo. 

Hoje, depois de tanto viver sem você, de conquistar tantas coisas que sonhei ao seu lado e não ter você por perto pra comemorar e vibrar comigo, eu percebo que todas as brigas e mágoas ficaram pra trás. Que tudo que parecia tão importante antes, hoje já não passa de besteira.  

Não me arrependo da decisão de seguir sozinha, não teria crescido e aprendido tanto se não fosse assim. Sem cair meus próprios tombos e precisar descobrir como fazer pra me levantar, sem quebrar a cara e descobrir o quanto sou forte pra seguir em frente e recolar os pedaços. Nos afastarmos foi bom pra mim e espero que tenha sido pra você também. Mas me dói todas as vezes que briguei porque não podia te entender, me dói que tenha lhe cobrado tanto quando na verdade eu é que oferecia tão pouco. Me dói que tenha sido preciso que nos perdêssemos pra que eu conseguisse perceber tanta coisa. 

Hoje eu queria poder te ligar, ouvir a sua vez que já nem tenho certeza se lembro ou se inventei uma memória só pra preencher o espaço, e te dizer que deu certo. Que fiquei bem. Que as coisas seguiram o rumo que tinham que seguir. Que a dor passou. Que a vida andou. E andou por caminhos lindos.  

Queria escutar dos seus caminhos. Sobre o que tem feito, sobre o que aprendeu nesse tempo também. Queria escutar você dizendo que estava certo. Nunca gostei de admitir que estava errada, mas eu estava. E queria poder ouvir você dizendo isso. Que deu tudo certo, que as coisas se ajeitaram da melhor forma. Que a vida sempre se reorganiza pra que novas coisas lindas possam acontecer.  

Hoje eu só queria poder falar com você do tempo que passou como se ele não tivesse passado. 


Nenhum comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.