Ads Top

Adeus 2019, bem vindo 2020




Comecei a escrever essa postagem muitos dias atrás, lá no começo de dezembro. O título era diferente: Adeus 2019, até, quem sabe, um dia Entre Cartas e Amores. É, pois é. Quando comecei a escrever essa postagem, que seria a última de 2019 também pensava que ela seria a última desse blog. Muita coisa aconteceu e parecia um caminho fácil deixar o ECEA de lado, afinal, seria uma coisa a menos na minha rotina pra me consumir, não é? Bom, descobri que não, não é bem assim. Quer dizer, não é nada assim. 

Fui presenteada esses dias com uma postagem no Sweet Luly, blog da Luly Lage falando da relação dela com esse cantinho aqui como leitora. E aquelas palavras dela pegaram fundo aqui em mim. Quando ela postou aquele relato eu já estava decidida a abandonar esse projeto. E aí eu li aquilo. E percebi muitas coisas que eu já sabia mas tinha me esquecido. Acontece. A vida vem e a gente vai indo nesse modo automático e acaba deixando de lado até as coisas que nos fazem verdadeiramente felizes. 

Quando criei o Entre Cartas em amores, mais de 04 anos atrás, ele foi pra mim um recomeço. Estava saindo do pior momento da minha vida e poder me dedicar a ele, compartilhar meus pensamentos e sentimentos com outras pessoas que os recebiam tão bem e também compartilhavam os seus comigo fez uma diferença que eu jamais poderia explicar na minha vida. E sei que fez na de várias outras pessoas, também. Porque essa é a parte mais bonita: a troca que acontece. Os emails que eu recebo e as conversas que se sucedem deles. O entre cartas já foi refúgio pra mim, já foi refúgio pra outras pessoas que nos presentearam com suas palavras nele e já foi refúgio pra muita gente que chegou aqui de alguma forma e se encontrou em algum texto. Como eu poderia abandonar esse projeto tão lindo? Obrigada Luly por me dar um tapa na cara tão gentil, mesmo sem saber que eu precisava, e me mostrar que isso vai muito além de mim. E que a parte que faz por mim me faz extremamente feliz e orgulhosa. 

Por isso, esse deixou de ser o que seria o último post de 2019 pra ser o primeiro de 2020. Deixou de ser um final e tornou-se um começo. Ou apenas mais uma vez um recomeço. Nas últimas semanas de 2019 eu empreguei muito da minha energia em cuidar desse cantinho aqui, mudar o que achava que precisava mudar - afinal somos uma constante mudança - e em criar conteúdo. Em deixar as palavras fluírem e se encontrarem pra que nos próximos dias elas possam encontrar também outros leitores além de mim. Nessas últimas semanas eu senti uma felicidade que fazia tempo que não sentia em me permitir voltar pra cá. Me permitir cuidar do projeto mais lindo da minha vida inteirinha. 

Então, bem vindo 2020. Que nesse primeiro ano de uma nova década eu leve adiante a lição mais importante que aprendi nesse último ano: dedique mais tempo ao que te feliz. Dedique tempo à você. 

Espero que a gente se encontre aqui muitas e muitas vezes esse ano. Que a gente fale de amor, que fale de desamor, de sonhos, de aprendizados, que fale das vezes que as coisas deram certo e das vezes que elas saíram bem longe do planejado. Que a gente quebre a cara, mas volte pro jogo. Que saia do trilho mas que jamais perca o caminho. E o meu caminho eu sei que é por aqui. Compartilhando e trocando experiências e sentimentos com quem de alguma forma cai por aqui, com quem de alguma forma tenha o coração explodindo que nem o meu. 


Nenhum comentário:

Entre Cartas e Amores - Blog de textos, comportamento, amores e resenhas literárias. Conta pra gente o que você achou ♥

Tecnologia do Blogger.